Oração da Manhã

JANEIRO DE 2021

05 de janeiro
Uma pequena gota de água pode fazer a diferença. Que a minha vida seja para os outros esta pequena gota de água que ajuda a saciar a sede de alguém que está triste ou se sente sozinho. Senhor, durante este dia, ajuda-me a fazer a diferença na vida de alguém
Pai nosso…

06 de janeiro
Não é o que tu tens, onde tu estás ou o que tu fazes, que irá determinar a tua felicidade, mas sim o que tu pensas sobre isto. Tudo o que tu tens depende da maneira como tu olhas, da maneira como tu valorizas. Se tu tens amor e sobrevives nesta vida com dignidade, tens atitudes positivas e partilhas com benevolência as tuas coisas, então tens tudo! Desta forma, tens os olhos de quem vê com o coração.
Avé Maria…

07 de janeiro
Senhor, desculpa todos os momentos em que Te falhei!
Agradeço-Te o facto de teres estado sempre cá. Amparaste-me, puxaste-me para cima, deste-me o empurrão de que precisava, colocaste as pessoas de que necessitava no meu caminho e, muitas das vezes, não liguei e passei de olhos e ouvidos tapados.
Hoje, agradeço-Te por tudo o que me deste e dás todos os dias.
Pai Nosso…

08 de janeiro
Fim de mais uma semana. Olho para trás e quero agradecer cada momento que tive oportunidade de viver. Agradecer pelo presente da vida e do trabalho. Agradecer por aquele gesto de amor que um colega ou professor teve comigo. Agradecer o tudo e o nada de todos os dias. Também te peço perdão por não ter sido tão atento aos que mais precisavam do meu gesto solidário, da minha atenção ou até da minha ajuda nos trabalhos a realizar. Que eu saiba sempre agradecer os dons e reconhecer os erros.
Glória ao Pai…

11 de janeiro
Meu Pai,
Eu me abandono a ti,
Faz de mim o que quiseres.
Estou pronto para tudo, aceito tudo.
Eu te entrego a minha vida.
Eu te a dou meu Deus,
Com todo o amor do meu coração,
Porque te amo
E é para mim uma necessidade de amor dar-me,
Entregar-me nas tuas mãos sem medida
Com uma confiança infinita
Porque Tu és… meu Pai e nós teus filhos.
Adaptado: Charles de Foucould

12 de janeiro
«Mas quem caminha a teu lado?» (T.S.Eliot) Quando me reencontro com esta pergunta, penso quase sempre nos amigos. Um amigo, por definição, é alguém que caminha a nosso lado, mesmo se separado por milhares de quilómetros ou por dezenas de anos. O longe e a distância são completamente relativizados pela prática da amizade.  (Tolentino Mendonça)
Hoje, valoriza os teus amigos e diz-lhes o quão importantes são para ti.

13 de janeiro
Os maiores exemplos de força foram dados pelos mais frágeis.
Que é um sobrevivente…? Aquele que buscou em si a razão para sobreviver quando ela não estava em mais lado nenhum.
É na minha vontade que está a minha força. O problema é que a minha vontade está cheia de pesos, de acessórios, de manuais e de prioridades.
Possa eu crescer na minha fragilidade, para descobrir a minha verdadeira força…

14 de janeiro
A minha maior riqueza é o que trago cá dentro. As minhas joias e as maiores riquezas posso guardá-las todas dentro de mim, existem em mim, e algumas delas materializam-se fora de mim ou em extensões de mim.
A minha maior riqueza são os instrumentos, os astrolábios e compassos de que me sirvo para navegar com rumo e, aberto a todas as surpresas, acolhendo todos os destinos.
Devo todas estas riquezas a uma realmente maior: a liberdade de me escolher, de me pensar, de me decidir e assim viver a minha vida com abundância fértil e avareza individual.

15 de janeiro
Quantas vezes tenho a tentação de ir sozinho? Quero ir rápido, não quero explicar planos nem ideias, ceder ou comprometer.
A Humildade é importante porque a humildade é verdade: realmente, eu não sou mais do que ninguém, sou apenas mais um alguém.
As minhas mais valias, caraterísticas ou prioridades, só têm valor porque existem os outros. Sem eles seriam apenas inúteis.

18 de janeiro
Os amigos falam uma língua só deles: bastam meias palavras para se entender tudo. Às vezes até um olhar é suficiente para compreender tudo o que vai dentro de nós. Esforça-te a cada dia para enriqueceres esta gramática que te dá vida e que te dá sentido à vida.

19 de janeiro
Sou importante para os que me conhecem, aqueles que conhecem a minha humanidade, com todos os seus defeitos e qualidades?
Amo e sou amado por eles?
Estou disposto a mais?
E se esse mais for invisível ou insignificante?
Se sim, a minha vida tem sentido. Sou mais importante. Faço falta. Acrescento.
Tudo o resto são distrações, vaidades e armadilhas.

20 de janeiro
Nada te perturbe, nada te espante;
Tudo passa; Deus não muda.
A paciência tudo alcança.
Quem a Deus tem, nada lhe falta.
Só Deus basta.
Stª. Teresa de Ávila

21 de janeiro
A maior parte das vezes, experimentamos apenas o desencontro com Deus, o Seu extenso silêncio. Buscamos Deus sem O ver, acreditamos n´Ele sem o experimentar, escutamos a sua voz sem verdadeiramente O ouvir.
O exercício do silêncio é o mais poderoso para podermos escutar a voz de Deus. Exercita!

22 de janeiro
Há tantas pessoas que passam pela nossa vida… É importante que na hospitalidade, no serviço e no dom sintam que não foi em vão que passaram por nós.
Valoriza quem por ti passa e procura conhecê-las o melhor que conseguires. Essa riqueza que encontras, outros encontrarão em ti.

25 de janeiro
Ajuda-me, Senhor, a ganhar consciência de que esta é a nossa condição no tempo. Ensina-me a ser humilde perante a vida, pois é mais aquilo que desconhecemos do que aquilo sobre o qual podemos falar. E dá-me a capacidade de abraçar a vida quando ela não for exatamente como eu previ.

26 de janeiro
Se pensares bem, a mesa é a extensão da vida. A tua primeira mesa foi, por exemplo, o colo da tua mãe e os braços do teu pai. A mesa foi sendo, ao longo dos anos, indispensável lugar de reconhecimento e hospitalidade, experiência de intercâmbio e território de relação. A mesa tem, por isso, a forma de dom e evoca todos aqueles que nos nutrem. Não te alimentes apenas de comida. Fundamentalmente, alimentamo-nos uns dos outros. Somos alimentos uns para os outros.

27 de janeiro
Aprender a repousar é também aprender a libertar-se do imediatismo das nossas expectativas e dos nossos desejos demasiado idealizados. Deus não tem expectativas. Repousar (e rezar e viver…) é dizer no fundo do coração: «Estou aqui à espera do nada.» Verás que encontrarás muito…

28 de janeiro
O que dizemos acerca de Deus são sempre aproximações. Porque verdadeiramente só sabemos o que Deus é tornando-nos naquilo que Deus é. Ora, o perdão é um dos lugares por excelência onde experimentamos aquilo que Deus é. Procura amolecer o teu coração para conheceres esta essência de Deus, que também será a tua.

29 de janeiro
O que toca tanta gente no estilo do Papa Francisco é esta capacidade, que parece frágil, mas é muito rara, de avizinhar-se, de revelar-se familiar, de expressar uma atenção concreta pelos outros. Procura imitá-lo!