Oração da Manhã

1 de junho

Em todos nós, seres humanos, existe a possibilidade de uma experiência espiritual, de encontro pessoal com Jesus. Precisas de trinar a tua disponibilidade em permitir, no íntimo do teu coração, a ação de Deus. Quando a deixas a acontecer, começas a perceber a beleza da oração, do verdadeiro encontro.

Glória ao Pai…

2 de junho

Amor! Haverá algo mais urgente no nosso tempo? Quem arde de amor sente necessidade de o dar a conhecer a todos, sem cessar. Como? Quando promoves um diálogo aberto e inclusivo, quando te predispões a escutar, que, com tamanho júbilo, te permite entrar no coração do outro, contagiando-o.

Pai nosso…

4 de junho

A experiência de relação com Deus tem tanto de reconfortante como de desassossego. A questão espiritual, portanto, não só é oportuna, como ajuda a iluminar o caminho da nossa vida. Em Jesus, Deus vem ao nosso encontro, assume-se como companheiro de viagem e desafia-nos a um novo projeto de vida. Vais agarrar a oportunidade?

Avé Maria…

7 de junho

Acreditar é deixar-se levantar.

Acreditar é deixar-se iluminar.

Acolhe a fé como ação de Deus em ti, antes de ser uma qualquer adesão mental fruto de raciocínio intelectual. Deixa-te maravilhar pelo dom da vida. Se buscares falsos atalhos, até onde é que estás disposto a ir?

Pai nosso…

8 de junho

Andamos em busca dos talentos, porventura focados naquilo que nos distingue dos outros, na perspetiva de alcançar um patamar mais adiante. De repente, dás conta que o mais belo e importante é aquilo que nos une aos demais. Esse é o único dom que a todos nos habita é o maior milagre.

Glória ao Pai…

9 de junho

Cada um de nós possui caraterísticas mais ou menos comuns. Há também algumas mais específicas, de modo a perceber de quem se trata, desde que reconheças como próprias dessas pessoas. Os cristãos eram conhecidos pela alegria, coração sincero, bondade. E agora? Como somos? Como és?

Avé Maria….

14 de junho

Um sonho que a todos nos une como humanos: uma vida realizada e plena de felicidade. O Papa Francisco lembra que «só se tem a vida que se dá, só se possui de verdade a vida que se doa plenamente». És chamado a sair, a dares-te, a ires mais além, a arriscares os sonhos que Deus tem para ti. Aceitas o desafio de cumprires a tua missão?

Pai nosso…

15 de junho

Nós, às vezes, complicamos demasiado. Tornamo-nos intolerantes, insatisfeitos, exasperados e rígidos. O segredo está no caminho e não no início ou na meta. O essencial é tão grandioso e tão simples: viver em comunhão, promover o bem e a fraternidade. Basta abrir os olhos… e o coração.

Avé Maria…

16 de junho

A fé tem uma ligação umbilical com o testemunho. Hoje, também é preciso desconfinar a fé na vida quotidiana. Não se trata de doutrinar nas praças e esplanadas, nas lojas e nos espaços de convívio social, nas redes sociais… Trata-se de, com coragem e humildade, mostrares aos outros o que inflama o teu coração.

Glória ao Pai…

17 de junho

Quando na vida buscares uma aparição de Deus para justificar a tua fé, pensa na frase do “Diário” de Julien Green: «Queres saber onde Eu estava. Estava no teu coração e na tua cabeça. Escondia-me no ar dos teus pulmões. Estava no infatigável rio de sangue que faço circular nas tuas veias. Sou a alma da tua alma.» Não busques em horizontes exteriores o que tens dentro de ti.

Pai nosso…

18 de junho

A fé não é ter tudo controlado ou uma espécie de seguro contra todos os riscos. A fé é confiança num amor que nunca te abandona, jamais te deixa por tua conta e risco. É precisamente aqui que nasce a esperança e a paz. E é esse amor que te permite um olhar agraciado para a vida, confiando na bondade e no amor de Deus.

Avé Maria…

21 de junho

O diálogo é um dos pilares inegociáveis na construção de relações saudáveis. Até podem acontecer grandes discussões! A confiança sai reforçada. As barreiras são derrubadas. Porque o diálogo requer silêncios que te permitem acolher as razões que também assistem aos teus irmãos. Não te prendas nos teus egoísmos que te cerram os olhos e os ouvidos. Busca o entendimento e o diálogo.

Pai nosso…

22 de junho

O que é que Deus realiza, hoje, por teu intermédio? Ele quer contar contigo, quer precisar de ti para encher o mundo de beleza e de alegria. Penso, muitas vezes, que as nossas omissões são o que mais nos afasta de Deus, o que podíamos ter feito e não fizemos em favor dos outros. Deus irá realizar coisas maravilhosas através da tua vida, basta que o permitas.

Glória ao Pai…

23 de junho – Oração das Jornadas Mundiais da Juventude – Lisboa 2023

Nossa Senhora da Visitação,
que partistes apressadamente para a montanha ao encontro de Isabel,
fazei-nos partir também ao encontro de tantos que nos esperam
para lhes levarmos o Evangelho vivo:
Jesus Cristo, vosso Filho e nosso Senhor!
Iremos apressadamente, sem distração nem demora,
antes com prontidão e alegria.
Iremos serenamente, pois quem leva Cristo leva a paz,
e o bem-fazer é o melhor bem-estar.
Nossa Senhora da Visitação,
com a vossa inspiração, esta Jornada Mundial da Juventude
será a celebração mútua do Cristo que levamos, como Vós outrora.
Fazei que ela seja ocasião de testemunho e partilha,
convivência e ação de graças,
procurando cada um o outro que sempre espera.
Convosco continuaremos este caminho de encontro,
para que o nosso mundo se reencontre também,
na fraternidade, na justiça e na paz.
Ajudai-nos, Nossa Senhora da Visitação,
a levar Cristo a todos, obedecendo ao Pai, no amor do Espírito!

25 de junho

Vivemos em ‘piloto automático’: agimos sem uma intenção consciente ou sem a perceção ativa do presente. Tu, que és morada do Espírito Santos, podes assumir uma atitude vigilante. Ele treina a tua atenção plena, esse alerta que te ajuda, de modo intencional, a conectar com a vida. Toda a nossa vida tem um propósito: deixa-te encontrar e perceberás qual é o teu.

Glória ao Pai…

28 de junho

O Cardeal José Tolentino Mendonça lembra-nos que «a coisa mais parecida com os olhos de Deus são os olhos de uma mãe». É, porventura, através da boca e das mãos, dos olhos e do coração materno que ‘dizemos’ as primeiras orações. A perseverança da Mão inspire, hoje, a tua maneira de rezar e amar.

Avé Maria…

29 de junho

O desprendimento é o caminho da felicidade. Pode até parecer um paradoxo, mas a verdadeira sabedoria consiste em aprender a deixar ir, em treinar a capacidade de olhar a caducidade das coisas do mundo. Não se trata de recusar a prosperidade; é descobrir a mais profunda riqueza.

Pai nosso…

30 de junho

O cristão é positivo e proativo: conjuga a postura confiante perante a vida com ações específicas em prol dos objetivos.  O que estás a fazer para que o teu viver seja mais positivo? Hesitar e desconfiar não rimam com a vida feliz. O perdão também tem aqui um papel decisivo. Perdoa e encontrarás paz.

Glória ao Pai…