AJUDA SOLIDÁRIA A MOÇAMBIQUE

Hoje, grande dia de fraternidade, no qual Jesus se faz pão para todos, parece-nos o dia certo para agradecer o gesto de solidariedade daqueles que contribuíram para aliviar o sofrimento de muitas pessoas que viram suas casas e posses reduzidas a um lodaçal, sem recuperação possível, em Moçambique, como resultado do ciclone IDAI.

Nós, irmãs do amor de Deus, que vimos e tocámos esta realidade, muito perto das vítimas, pedimos ajuda em seu nome e recebemos uma resposta positiva e generosa de pessoas, grupos e comunidades que aderiram a esta causa, enviando recursos económicos.

A todos comunicamos que podem ter a certeza de que nem um cêntimo se perderá no caminho e que terão informação de quanto seja razoável informar.

É conhecido por todos, através da imprensa e dos meios de comunicação, em geral, o desastre que ocorreu na cidade da Beira e dos arredores, para onde toda a ajuda será destinada. Omitimos aqui a narrativa geral. Sim, gostaríamos de dizer, que “o dia seguinte” não seja silenciado e urge-nos acompanhar esta realidade, num processo razoável de recuperação de bens para um certo número de pessoas, às quais podemos chegar, proporcionando um mínimo de recursos para refazer suas vidas.

Até agora, o montante angariado atinge cerca de 24.000.00 €, dos quais, 11.500€ já foram enviados e destinados a necessidades imediatas de alimentos, água, roupas e medicamentos.

Estamos em constante comunicação com as nossas irmãs, principalmente a Comunidade que vive na diocese da Beira, para ver quais são as necessidades prioritárias a partir de agora. A ajuda será feita equitativamente e de acordo com as necessidades.

Reiteramos nossa gratidão e compartilhamos o mandato evangélico: “Dai de graça o que recebestes gratuitamente”.(Mt 10,8).

As Irmãs do Governo Geral

Madrid, 18 de abril de 2019

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print