23 julho | Redondela – Pontevedra (20 km) | Os outros próximos de mim

“O andar a pé dá o tempo para olhar com mais atenção aquilo que se oferece ao próprio olhar. O peregrino aprende a deter-se: deixa de ser um consumidor, torna-se um contemplativo. Sabe reconhecer e apreciar as coisas como se apresentam aos seus olhos, não como algo que é dado como adquirido, mas como um elemento que pode suscitar múltiplos sentimentos, inclusive o da gratidão.” [Gionatan De Marco]

Share on facebook
Share on twitter
Share on whatsapp
Share on email
Share on print